Uma das coisas legais do coworking é que espaços assim reúnem gente de várias profissões e de vários lugares. Aqui na Aldeia, conhecemos nesse ano o Norbert, que utiliza o nosso espaço para ministrar cursos. Ele é profissional da indústria audiovisual e trabalha bastante na parte de sonorização, gravando com bandas e fazendo produção para TV e filmes, além de lidar também com edição de imagens.

Além de (literalmente) fazer barulho, ele ensina a fazer barulho. Aqui na Aldeia, ele trabalha para a ProClass Cursos e Treinamentos, empresa do Rio de Janeiro que oferece aulas de áudio e vídeo. Desde que se mudou para o Brasil mora na capital paranaense e quis trazer os cursos da empresa para cá. Assim começou a busca por um espaço legal que comportasse as aulas e atendesse às necessidades dele, foi quando uma amiga – que fez um curso aqui com a gente – acabou indicando a Aldeia.

Apesar de trabalhar com áudio e vídeo e gostar muito, não eram esses os planos do nosso gringo. Nascido na Alemanha, ele se formou doutor em Química e resolveu fazer pós-doutorado. A primeira fase foi na Suíça, de onde seguiu para a Inglaterra. Lá, trabalhava ao lado de uma escola de engenharia de som (lá não é “técnico de som”, e sim engenheiro), foi quando amor pela música naturalmente o levou a fazer um curso no tempo livre de que dispunha.

Se formou num curso de 18 meses de engenharia de som e não saiu da escola tão cedo. Como gostaram dele e da sua experiência para lecionar e montar cursos, o Norbert acabou ficando por lá mesmo, dando aulas, e conseguiu certificação da Apple e da Avid.

Na Suíça, trabalhou e fez amizade com uma brasileira, que o convidou para vir conhecer o Brasil. Durante a viagem, conheceu a irmã da amiga e não teve jeito: se casou, mudou-se para o Brasil e aprendeu português – que aliás, fala muito bem.

Além das aulas que dá aqui na Aldeia, o Nobert faz freelas num estúdio que tem em casa: gravações com bandas e tudo mais de legal que aparecer de audiovisual para fazer, como produção musical, sonorização de filmes e TV. Ah, e ele toca guitarra e baixo, faz programação eletrônica e tem uma banda.

Nobert Weiher trabalhando em um programa audiovisual com mais dois colegas de equipe.