censo-coworking

Que o coworking cresce a largos passos no Brasil ninguém mais duvida, mas muitas vezes faltam dados concretos que ilustrem essa expansão. De 2007 (ano de nascimento do primeiro coworking brasileiro) pra cá, muita coisa mudou e o nosso mercado passou por um boom que rendeu a abertura de vários novos espaços e a difusão dessa forma de trabalhar e se relacionar.

Recentemente foram divulgados os resultados do Censo Coworking 2015, realizado pelo blog Ekonomio e pelo espaço B4i. Nessa pesquisa 141 espaços responderam um questionário online que mostrou várias informações legais. Olha só:

censo-coworking-estados

Apesar de o Paraná ser o estado que mais busca por “coworking” no Google, dividimos a terceira posição com o Rio de Janeiro no ranking de estados com mais espaços, com 20 cada um. O Rio Grande do Sul, que é o segundo estado que mais busca o termo aparece logo atrás, com 19 espaços.

crescimento-de-coworkings

Dos 141 espaços listados, 56 (que equivalem a 40%) foram em 2014. E só nos três primeiros meses de 2015, já tivemos 10 novos espaços abrindo as portas, o que indica que o crescimento esse ano vai ser ainda maior.

pessoas-buscam-coworkings

Já são mais de 6 mil posições de trabalho, o que quer dizer muita gente aderindo ao coworking.

censo-coworking-trabalhos

E nessas milhares de pessoas é possível encontrar gente de várias áreas de atuação. Negócios sociais, design, startups, makers, educação e moda são as principais delas, segundo o censo coworking.

A Aldeia, o primeiro coworking de Curitiba, além de ser o espaço ideal para fazer as suas ideias acontecerem também ajuda centenas de makers a fazerem seus negócios decolarem com networking e cursos presenciais e online para aperfeiçoamento, dentre eles: Google Analytics, UX Desing, Copywriting e muitos outros. Se você ainda não conhece o nosso espaço não perca tempo. Visite a Aldeia.

Post comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Go Top